Fundado em 1912, clube está próximo de declarar falência

Nesta terça-feira (7), o Tribunal Administrativo Regional (TAR) do Lazio confirmou a exclusão do Avellino da próxima temporada da Série B da Liga Italiana.

O clube biancoverde foi impedido de entrar na competição depois de não ter fornecido as garantias financeiras para a Lega Serie B, que é a organizadora da segunda divisão do Calcio. Além disso, o apelo da equipe foi arquivado pela Federação Italiana de Futebol (Figc) e o Comitê Olímpico Nacional Italiano (Coni).

O futuro do Avellino é incerto, uma vez que o time precisa efetuar o pagamento de 170 mil euros ainda nesta terça-feira para conseguir se inscrever na Série D do Campeonato Italiano. Esta que é a principal divisão amadora do Calcio. Se não conseguir, o clube deverá decretar falência e reiniciar na liga Eccellenza, considerada a quinta divisão.

“A decisão do TAR não é serena, nem equilibrada. Ela provoca danos irreparáveis ao Avellino, condenando a história de uma cidade e de uma província”, disse o presidente da província de Avellino, Massimo Pugliese.

Os torcedores do Avellino protestaram através das redes sociais contra a decisão e elegeram como alvo o presidente do clube, Walter Taccone.

Esta poderá ser a terceira falência na história do Avellino. A última foi em 2009. O clube, fundado em 1912, possui dez participações na elite do futebol italiano e conquistou três Série C e duas Série D.

(com informações da ANSA)