Mirela Tavares Ainda que no Brasil exista quem guarde dinheiro literalmente debaixo do colchão, o brasileiro parece, finalmente, estar mais atento às diferentes formas de gerir seus recursos financeiros, indo além das poupanças e outros produtos oferecidos normalmente por bancos. Exemplo disso é o crescente mercado de empresas independentes

Este conteúdo é restrito a membros assinantes do site. Se você é um usuário cadastrado, por favor faça login.

Quer fazer sua assinatura Comunità Italiana e ter acesso a todo conteúdo do site?

Então clique aqui e faça seu registro.

Login de Usuários