Nesta quarta-feira (09) a Velha Senhora goleou a Milan por 4 a 0 na final da Copa da Itália, no estádio Olímpico de Roma, e se consagrou tetracampeã na competição. A partida foi marcada pelos dois gols de Benatia e duas falhas de Donnarumma. Douglas Costa também deixou a sua marca. Kalinic marcou um gol contra

Com a conquista, a equipe de Turim chega ao seu 13º título na competição, sendo o quarto título consecutivo. Além disso, a Juve fica muito perto de completar o doblete, já que só precisa marcar um ponto em duas rodadas ou ver o Napoli não vencer um de seus dois próximos jogos para se sagrar campeão do Campeonato Italiano, sendo que a diferença no saldo de gols é muito grande.

O jogo

Apesar de ter adotado uma estratégia de marcar atrás da linha da bola e ficar mais no campo de defesa, o Milan criou as melhores chances do primeiro tempo e quase abriu o placar aos oito minutos. Calhanoglu tabelou duas vezes com Cutrone, que recebeu na entrada da área e forçou Buffon a fazer boa defesa

A resposta da Juventus veio aos 16 minutos. Dybala recebeu a bola na entrada da área e fez um arremate que saiu perto da trave do gol defendido por Donnarumma. Já aos 22, a Velha Senhora assustou com um cruzamento fechado de Dybala.

A equipe rossonera voltou a criar uma grande oportunidade de bola aos 30 minutos. Suso fez arremate de fora da área, a bola saiu com muito veneno e Buffon evitou o gol. O time de Gattuso voltou ao ataque aos 39, quando Bonaventura arrancou pelo meio e finalizou da intermediária muito perto da meta adversária.

O Milan voltou bem para a segunda etapa e criou algumas boas chances nos primeiros minutos. A principal delas foi um cruzamento de Bonaventura rasteiro, que passou por toda a área após vacilo de Cuadrado.

A resposta do clube comandado por Allegri veio aos oito minutos. Mandzukic tocou de primeira para Dybala, que recebeu dentro da área e finalizou no contrapé de Donnarumma, que fez a defesa.

A Juventus chegou aos 11 com uma bela finalização de Dybala, que foi defendida por Donnarumma. Na cobrança de escanteio, Benatia cabeceou na pequena área e fez 1 a 0.

O segundo gol da Velha senhora saiu aos 12 minutos da segunda etapa. Douglas Costa mandou uma bomba arremate da entrada da área e Donnarumma foi mal, deixando a bola passar por suas mãos.

O terceiro gol do time de Turim saiu aos 18 minutos. Depois de cobrança no escanteio, Donnarumma não conseguiu segurar a bola que foi cabeceada fraca. Benatia foi oportunista e colocou ela para o fundo do gol.

O Milan quase marcou o seu primeiro gol aos 26 minutos. Kessié entrou na área e rolou para o meio. Matuidi desviou contra sua própria meta e a bola parou na trave do gol defendido por Buffon.

O quarto gol da Velha Senhora veio aos 30 minutos. Pjanic bateu escanteio fechado e Kalinic mandou contra a prórpia meta.

Aos 32 minutos, o time rossonero parou em Buffon duas vez. Primeiro com Locatelli e depois com Borini. Como resposta, Dybala quase marcou gol do meio de campo, já que Donnarumma estava adiantado.

FICHA TÉCNICA 
JUVENTUS 4 x 0 MILAN

Local: Estádio Olímpico de Roma
Data: 09 de março de 2018, quarta-feira
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Antonio Damato (ITA)
Assistentes: Riccardo Di Fiore (ITA) e Giulio Dobosz (ITA)
Cartões amarelos: Douglas Costa (Juventus) Calabria (Milan)
Cartão vermelho: não teve
Gols: JUVENTUS: Benatia, aos 12 e aos 18, Douglas Costa, aos 15, Kalinic (contra), aos 30 do segundo tempo

JUVENTUS: Buffon; Cuadrado, Barzagli, Benatia, Asamoah; Khedira, Pjanic (Marchisio), Matuidi; Douglas Costa (Bernadeschi), Mandzukic, Dybala (Higuain)
Técnico: Massimiliano Allegri

MILAN: Donnarumma; Calabria, Bonucci, Romagnoli, Ricardo Rodriguez; Kessié, Locatelli (Motolivo), Bonaventura; Suso (Borini), Cutrone (Kalinic), Calhanoglu
Técnico: Gennaro Gattuso

(Gazeta Esportiva)