“Quando uma oferta muito significativa chega, você tem que considerá-la”, diz Monchi, que admite que goleiro está em Liverpool

(GE) – Oficialmente, Alisson ainda não é goleiro do Liverpool. Em coletiva nesta quinta-feira para apresentar a contratação do holandês Justin Kluivert, o diretor esportivo da Roma, Monchi, falou sobre a iminente transferência do arqueiro da seleção brasileira. O negócio de £ 66,8 milhões (R$334 milhões) ainda não está fechado, mas isso parece ser apenas questão de tempo.

– Ainda não finalizamos nada (sobre o Alisson). Mas é verdade que as negociações estão avançadas, e ele está em Liverpool agora. Quando uma oferta muito significativa chega, você tem que considerá-la. Nós pesamos os prós e contras e decidimos conversar com o Liverpool.

Segunda a “Gazzetta Dello Sport” publicou na última quarta, Alisson está em Liverpool para acertar os últimos detalhes com o clube inglês. O próximo passo seria o exame médico. Após essa etapa, o goleiro deve assinar contrato de cinco anos. Ele deve receber cerca de € 5 milhões (R$ 22 milhões) por temporada.

– Vender o Alisson não mostra uma falta de ambição. Para mim, ambição é fazer a coisa certa depois de planejar tudo. Eu vim aqui para construir uma equipe forte, não apenas por um ano, mas por muitos anos, e tenho 100% de certeza de que esse será o caso – completou Monchi.

Goleiro mais caro da história

Caso realmente seja confirmada, a oferta do Liverpool bateria o recorde de transferência de um goleiro – 53 milhões de euros (R$ 236 milhões) pagos pela Juventus ao Parma por Buffon, em 2001. Confira abaixo a lista dos arqueiros mais caros da história. Os dados são do site Transfermarkt, especializado em negociações.

  1. Buffon (Itália) – Parma/Juventus (01/02) – 52,88 milhões
  2. Ederson (Brasil) – Benfica/Man City (17/18) – 40 milhões
  3. Neuer (Alemanha) – Schalke04/Bayern (11/12) – 30 milhões
  4. Pickford (Inglaterra) – Sunderland/Everton (17/18) – 28,5 milhões
  5. Toldo (Itália) – Fiorentina/Internazionale de Milão (01/02) – 26,5 milhões
  6. Leno (Alemanha) – Bayer/Arsenal (18/19) – 25 milhões
  7. De Gea (Espanha) – Atl Madrid/Man United (11/12) – 25 milhões
  8. Meret (Itália) – Udinese/Napoli (18/19) – 22 milhões
  9. Frey (Francês) – Internazionale de Milão/Parma (03/04) – 21 milhões
  10. Peruzzi (Itália) – Juventus/Internazionale de Milão (99/00) – 19 milhões