Um turista francês publicou uma foto nas redes sociais sentado em uma coluna de Pompeia, cidade devastada pelo vulcão Vesúvio no ano de 79, e foi duramente criticado

Vincenzo Marasco, do Centro de Estudos Históricos Nicolò D’Alagno, foi quem denunciou a imagem. Ele é responsável por um grupo nas redes sociais sobre a história de Pompeia.

“Nunca abaixar a guarda contra a imbecilidade”, escreveu Marasco no Facebook, com a foto do francês. “O nosso patrimônio cultural é preservado incondicionalmente”, acrescentou.

A postagem de “Nils Travels” repercutiu em diversos jornais italianos, e o turista pediu desculpas, mas lembrou que existem diversas outras imagens parecidas pela internet.

O episódio lembra outro ocorrido no Palazzo Reale, em Nápoles, quando diversas pessoas tiraram fotografias em um trono e pisaram de salto alto nos tapetes do palácio, durante um evento beneficente.

(Agência ANSA)