O grupo alemão Lufthansa é um dos que fizeram proposta

Colocada à venda pelo governo, a companhia aérea Alitalia recebeu três ofertas que serão avaliadas nos próximos dias pelos comissários que administram a maior empresa aérea da Itália.

A alemã Lufthansa, a britância EasyJet e o norte-americano Cerberus foram os grupos que apresentaram as ofertas. A EasyJet disse apenas que protocolou uma “manifestação de interesse junto com outras empresas”. O que, provavelmente, inclui o fundo norte-americano Cerberus, que já estava na briga pela Alitalia.

— Foram recebidas três ofertas pelo tabelionato Atlante Cerasi, de Roma. Os comissários extraordinários da Alitalia procederão nos próximos dias com o exame das propostas — diz uma nota da companhia aérea.

O que há de informação é que tanto a Lufthansa quanto a EasyJet só comprarão o grupo italiano se ele for reestruturado. Ou seja, mediante demissões e redução de rotas. A Alitalia foi colocada à venda no ano passado, após ter entrado em mais uma crise de liquidez. A qual foi agravada pela recusa de seus funcionários a um plano para demitir mil pessoas.

O corte era uma exigência dos acionistas para a realização de um aumento de capital de 2 bilhões de euros. Ex-companhia de bandeira, a empresa foi privatizada e é atualmente controlada pela holding Compagnia Aerea Italiana (CAI), que detém 51% de seu capital. E pela árabe Etihad Airways, dona dos 49% restantes.

Contudo, por conta da crise, os sócios pediram uma intervenção do governo, que nomeou três comissários para administrar a Alitalia até sua venda.

(com informações da Ansa)