Europeus dominam, mas são premiados com gol da vitória apenas no último minuto. Em 2019, italianos começam caminhada rumo à Euro, enquanto EUA têm Eliminatórias da Copa

Eliminada da Liga das Nações no último sábado, a Itália voltou a campo e venceu, com gol de Politano, aos 49 do segundo tempo, os EUA, na noite desta terça-feira, em amistoso realizado em Genk, na Bélgica.

A partida foi bem faltosa, o que ajuda a explicar o resultado magro. Ao todo, foram 37 faltas, sendo 20 cometidas pelos americanos.  Os EUA  receberam três cartões amarelos: Moore, Cannon e Acosta. Já os italianos foram punidos com De Sciglio, que deu um susto no final da partida, mas voltou para o jogo, e Sensi.

Além disso, o que se viu foi a Itália foi mais insinuante, com boa troca de passes, mas pouca agressividade, tanto que teve 72% da posse, seis finalizações e apenas um gol, de Politano, após receber passe na medida de Gagliardini e entrar bem na área.

Os Estados Unidos já tem um amistoso confirmados para fevereiro, com a Costa Rica e no final do ano começam as eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. Já a Itália começa, em março, as eliminatórias da Eurocopa 2020.

(LANCE)