A estreia de Gennaro Gattuso no comando do Milan foi “de cinema”, mas num tom dramático. O Milan vencia o Benevento por 2 a 1 fora de casa até os acréscimos, quando o goleiro Brignoli foi para a área, aproveitou uma cobrança de falta, meteu a cabeça na bola e decretou o empate em 2 a 2. Para apimentar ainda mais o enredo, foi o primeiro ponto do time anfitrião em 15 rodadas do Calcio.

Com o tropeço fora de casa neste domingo, o Milan soma 21 pontos e segue na sétima posição no Campeonato Italiano. Tem cinco pontos a menos do que a Sampdoria, que está na zona de classificação para a Liga Europa e também neste domingo pega a Lazio. O Benevento segue na lanterna, mas agora com um ponto em 15 jogos.

O jogo

Mais na base do abafa do que da organização tática, o Milan abriu o placar aos 38 minutos do primeiro tempo. Após uma jogada confusa na área, a bola sobrou para Bonaventura, que meteu a cabeça e correu para o abraço. O empate do time da casa aconteceu por intermédio de Puscas, que aproveitou um rebote de Donnarumma para deixar tudo igual. Mas Kalinic voltou a marcar para o Rubro-Negro.

Com um a menos por conta da expulsão de Romagnoli, o Milan recuou e tentou segurar o resultado na estreia de Gennaro Gattuso como técnico. Quando nos acréscimos, uma falta perto da área jogou um banho de água fria no novo técnico. Cataldi cobrou, o goleiro Brignoli meteu a cabeça na bola e deixou tudo igual. No apito final, festa como se fosse um título. Um dia histórico para o Benevento, que conquistou seu primeiro ponto no Italiano. (GE)