O técnico Roberto Mancini convocou no último sábado 31 jogadores para as duas primeiras partidas da Itália pela nova competição da Uefa, a Liga das Nações, contra Polônia, em Bolonha, e Portugal, em Lisboa

Uma das novidades é o retorno do veterano zagueiro Giorgio Chiellini, da Juventus, que não participou dos playoffs decisivos das eliminatórias europeias, quando a Itália perdeu a vaga no Mundial 2018 para a Suécia.

Dois brasileiros naturalizados italianos estão na lista, ambos do Chelsea: o meia Jorginho, que já tinha participado das eliminatórias, e o lateral-esquerdo Emerson Palmieri, de 24 anos, que chegou a disputar o Mundial Sub-17 de 2011 pelo Brasil mas adquiriu a cidadania italiana em 2017, tornado-se apto a defender a seleção do país. Emerson já esteve na primeira lista de Mancini, em maio, na última data Fifa de amistosos antes da Copa.

Entre os estreantes na Azzurra chamados por Mancini estão o goleiro Alessio Cragno, do Cagliari, os defensores Manuel Lazzari, do Spal, e Cristiano Biraghi, da Fiorentina, o meia Nicolo’ Zaniolo, da Roma, e o atacante Petro Pellegri, do Monaco.

Confira a lista completa:

Goleiros: Alessio Cragno (Cagliari), Gianluigi Donnarumma (Milan), Mattia Perin (Juventus), Salvatore Sirigu (Torino).

Defensores: Cristiano Biraghi (Fiorentina), Leonardo Bonucci (Juventus), Mattia Caldara (Milan), Giorgio Chiellini (Juventus), Domenico Criscito (Genoa), Emerson Palmieri (Chelsea), Manuel Lazzari (Spal), Alessio Romagnoli (Milan), Daniele Rugani (Juventus), Davide Zappacosta (Chelsea).

Meias: Nicolo’ Barella (Cagliari), Marco Benassi (Fiorentina), Bryan Cristante (Roma), Roberto Gagliardini (Inter), Jorginho (Chelsea), Lorenzo Pellegrini (Roma), Nicolo’ Zaniolo (Roma).

Atacantes: Mario Balotelli (Nice), Andrea Belotti (Torino), Domenico Berardi (Sassuolo), Federico Bernardeschi (Juventus), Giacomo Bonaventura (Milan), Federico Chiesa (Fiorentina), Ciro Immobile (Lazio), Lorenzo Insigne (Napoli), Pietro Pellegri (Monaco), Simone Zaza (Torino).

(GE)