A elite da moda italiana e celebridades, como os astros de cinema Cate Blanchett, Julianne Moore e Colin Firth, se reuniram no “tapete verde” de um evento no último domingo (23) durante a Semana de Moda de Milão para pedir mais sustentabilidade ambiental na indústria global da moda

A reunião de gala foi o encerramento da celebração fashion de seis dias da cidade, ocorrida uma semana depois de a Semana de Moda de Londres ter banido o uso de peles pela primeira vez.

As grifes começaram a dar mais atenção ao impacto de suas empresas no ambiente e em seus métodos de produção, já que os consumidores estão se tornando mais ecologicamente conscientes em suas escolhas.

No total, 13 prêmios foram entregues na segunda edição do “Prêmio de Moda Tapete Verde”, promovido pela associação nacional da moda italiana, CNMI, e pela consultoria de sustentabilidade Eco-Age, fundada e dirigida pela produtora de cinema italiana Livia Firth, esposa de Colin Firth.

“A moda pode ser muito bonita e lucrativa, mas estar aqui por um objetivo verdadeiro é mais importante para mim” disse a modelo Elle Macpherson.

Entre os vencedores que demonstraram compromisso e investimento na mudança estavam Elle e os sapateiros da grife Salvatore Ferragamo.

(Reuters)