As obras foram adquiridas entre 1946 e 1947 por Francisco Matarazzo Sobrinho, o Ciccillo, e sua esposa, Yolanda Penteado, para a criação do antigo Museu de Arte Moderna de São Paulo

A Embaixada da Itália em Brasília, o Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo e o Centro Cultural Banco do Brasil apresentam a exposição “Classicismo, Realismo, Vanguarda: Pintura Italiana no Entreguerras”, do dia 24 de novembro a 20 de janeiro. Entrada franca.

A mostra traz 67 pinturas que retratam a arte pictórica da Itália do período entre a Primeira Guerra Mundial e o pós-Segunda Guerra Mundial. Período este que foi um dos mais férteis para a arte moderna italiana, que criou novas expressões artísticas com seus melhores representantes. Nomes como Giorgio De Chirico, Felice Casorati, Carlo Carrà, Afro Basaldella, Renato Guttuso, Mario Sironi e Amedeo Modigliani.

As obras que serão expostas no CCBB foram adquiridas entre 1946 e 1947 por Francisco Matarazzo Sobrinho, o Ciccillo, e sua esposa, Yolanda Penteado, para a criação do antigo Museu de Arte Moderna de São Paulo. A exposição em Brasília é uma versão itinerante da mostra realizada no MAC USP em 2013, resultante de pesquisa acadêmica, em andamento, sobre as coleções de arte moderna do Museu.