A prefeita de Roma teve esta iniciativa após casos de antissemitismo dentro das arquibancadas italianas

Após crescentes e frequentes casos de antissemitismo, Raggi, prefeita de Roma convidou cartolas a conhecerem Auschwitz na Polônia.

Segundo a Ansa, anualmente a capital italiana promove uma viagem ao campo de concentração.

Conhecida como Viagem da Memória, a excursão é estudantil e em parceria com a comunidade hebraica de Roma.

Neste ano a excursão irá acontecer entre os dias 5 e 7 de novembro.

Vigirnia Raggi estendeu o convite ao presidente da Associação Italiana de Jogadores de Futebol, Damiano Tommasi.

De acordo com a Ansa, o chefe do departamento de juniores da entidade, Simone Perrota, também foi convidado.

 

“Não podemos ignorar o que aconteceu nos estádios nos últimos dias. Aquilo não é futebol, não é esporte. Por isso, decidimos lançar um sinal para sensibilizar todos sobre a importância da história e da memória como antídotos contra o antissemitismo, o ódio e a violência”, disse a prefeita.

Torcedores da Lazio espalharam, no último dia 22, panfletos com a foto de Anne Frank, vitíma do nazismo, com a camisa da Roma.

Textos em homenagem à jovem vêm sendo lidos antes das partidas.

Segundo a Ansa, torcedores de organizadas como Fiorentina, Juventus e Roma tentaram abafar a leitura.