Comunità Italiana

Cagliari e Fiorentina aposentam camisa 13 de Astori

Jogador foi encontrado morto neste domingo (4) antes de partida pela Serie A

Em forma de homenagem, o Cagliari e a Fiorentina anunciaram a aposentadoria da camisa número 13, utilizada pelo zagueiro Davide Astori em sua passagem em ambos os times. De acordo com a diretoria dos clubes, o objetivo da iniciativa é honrar e tornar inapagável a memória de Astori.

Astori atuou por seis temporadas pelo Cagliari, onde jogou em mais de 175 partidas. Com o bom desempenho no time, Astori chamou atenção e ganhou suas primeiras oportunidades na seleção italiana. Enquanto na Fiorentina, o zagueiro estava na sua terceira temporada, era titular e capitão da equipe. Pelo clube de Florença, ele atuou em 109 jogos e marcou três gols.

No futebol italiano, Astori é o segundo jogador a ter a camisa 13 aposentada. Em 2002, o também zagueiro Vittorio Mero, que jogava no Brescia, morreu em um acidente de carro e teve o número eternizado pela equipe biancoazzurra.

A ideia de aposentar números de camisas para homenagear atletas que fizeram histórias em um clube é comum entre as equipes na Itália. O primeiro a fazer isso foi o Milan, em 1997, quando aposentou o número 6 utilizada pelo ex-zagueiro Franco Baresi.

Astori, de 31 anos, foi encontrado morto neste domingo (4) no quarto do hotel em que estava hospedado, junto com o restante do elenco da Fiorentina, em Údine. Até o momento, a causa da morte é tratada como uma parada cardiorrespiratória.

Mais homenagens

Para homenagear Astori, a Liga dos Campeões da Europa fará um minuto de silêncio antes de todos os seus jogos desta semana. A informação foi divulgada pela Federação Italiana de Futebol (Figc). Na Espanha, durante o clássico de domingo entre Atlético de Madrid e Barcelona, já houve um minuto de silêncio em memória de Astori.

Funeral será nesta quinta (8)

O funeral do zagueiro e capitão da Fiorentina será realizado nesta quinta-feira (8) na basílica de Santa Cruz, em Florença, no norte da Itália. Astori era casado com a modelo Francesca Fioretti e era pai da pequena Vittoria, de apenas dois anos. (com informações da Ansa)