O agora ex-goleiro da Juventus Gianluigi Buffon desconversou nesta segunda-feira sobre sua possível transferência ao Paris Saint-Germain , mas disse sentir vontade de “se colocar à prova” e de se “emocionar” novamente

Em entrevista à emissora Sky , Buffon ainda não anunciou seu futuro, porém disse que é difícil sentir na vida as “emoções” de um jogo de futebol. “Veremos se seguirei em frente: se for assim, o farei pelas tantas motivações que empurram uma pessoa de 40 anos a se colocar à prova”, declarou o arqueiro.

O experiente goleiro pode ser anunciado pelo PSG nos próximos dias, mas ele desfalcaria a equipe nas primeiras três partidas da fase de grupos da Liga dos Campeões. O italiano foi suspenso por três jogos após a expulsão no duelo entre Juventus e Real Madrid, na temporada passada, quando xingou o árbitro que deu pênalti a favor do clube espanhol.

Buffon defendeu a Juventus por 17 anos e encerrou seu contrato no último dia 30 de junho, com nove títulos da Série A, recorde absoluto na Itália. Segundo a imprensa francesa, o PSG ofereceu ao goleiro um contrato de dois anos e salário de 4 milhões de euros por temporada.

(IG Esporte)