A Procuradoria da República em Bolonha pediu uma pena de 10 anos de prisão para um brasileiro, além de 40 mil euros de multa por pedofilia

Segundo a Ansa, o morador de Reggio Emilia, Elisandro dos Anjos é acusado de armazenar conteúdo pornográfico de crianças e de manter relações sexuais com menores.

Em 2016, ele se envolveu em outro crime ao tentar matar a mãe de uma de suas vítimas a facadas, de acordo com a Ansa.

 

O inquérito intitulado por “Inocência Perdida”, também descobriu que o acusado havia levado vários meninos para a região onde mora.

O brasileiro se vestia de mulher e atraía as crianças jogando cédulas de dinheiro pela janela.

Costa afirmou, durante seu depoimento que está envergonhado e arrependido e justificou seus atos na solidão.

Os advogados do acusado solicitaram uma avaliação psiquiátrica, o que foi negado pelo Tribunal de Bolonha.

No próximo dia 7 de dezembro o processo dará andamento, quando a Procuradoria e a defesa apresentarem suas conclusões.

Segundo a Ansa, no início do caso, a Procuradoria queria uma pena de 15 anos e uma multa de 60 mil euros, porém aceitou reduzir a pena após Costa aceitar abrir mão de testemunhas.