Cerca de 100 mil cópias foram vendidas do livro

A autobiografia do ex-jogador e ídolo da Roma, Francesco Totti, ficou entre os 10 livros mais vendidos da Itália no ano de 2018. Escrita em parceria com o jornalista Paolo Condó, a obra conseguiu a nona colocação da lista, com aproximadamente 100 mil exemplares vendidos, como informa o instituto de pesquisa Nielsen.

“Um Capitano (Um Capitão, em tradução livre) foi lançado no último dia 27 de setembro e relata a trajetória do camisa 10 giallorosso, que defendeu o clube da capital por mais de 24 anos e liderou o time na conquista de seu último “scudetto”, em 2001.

O livro relata a infância do craque, desde sua estreia no profissional contra o Brescia, em 1993, passando com destaque pela conquista da Copa do Mundo em 2006, até a sua aposentadoria em 2017. Ao todo, foram mais de 780 partidas, 307 gols e cinco títulos.

A primeira colocação ficou com “A Amiga Genial”, da escritora anônima que adota o pseudônimo de Elena Ferrante. “O Método Catalanoti” , do escritor Montalbano Camilleri, ficou com o segundo posto e “A menina com a Leica”, de Helena Janeczek, ficou com a terceira colocação.