De acordo com um dos maiores especialistas em história política italiana, Cesare Battisti é culpado, mas não é um criminoso comum. Para Giorgio Galli é importante esclarecer fatos ainda obscuros da luta armada dos anos 1970, como as perguntas até hoje não respondidas sobre o sequestro seguido de homicídio

Este conteúdo é restrito a membros assinantes do site. Se você é um usuário cadastrado, por favor faça login.

Quer fazer sua assinatura Comunità Italiana e ter acesso a todo conteúdo do site?

Então clique aqui e faça seu registro.

Login de Usuários