Polícia ainda não sabe causa da morte de Pamela Mastropiero

Os resultados da autópsia no corpo de Pamela Mastropiero, jovem de 18 anos encontrada desmembrada em Pollenza, no centro da Itália, não foram suficientes para explicar as causas da morte.

O anúncio foi feito pelo procurador Giovanni Giorgio, que comanda o inquérito sobre o caso. “Os primeiros êxitos dos exames médico-legais não permitiram acrescentar resultados altamente significativos no plano das provas”, disse.

Segundo Giorgio, faltam traços de sangue e urina nos restos do cadáver, que foi desmembrado de modo, “aparentemente”, científico. “Novas análises laboratoriais serão efetuadas na semana que vem”, acrescentou o procurador. Os investigadores também aguardam o resultado dos exames toxicológicos, que dirão se Mastropiero morreu de overdose.

A vítima era viciada em drogas e havia saído de uma clínica de reabilitação na região de Marcas. O que aconteceu até seu corpo ser achado dividido entre duas malas na cidade de Pollenza, província de Macerata, ainda não foi esclarecido.

O único preso pelo crime é o nigeriano Innocent Oseghale, acusado de vilipêndio e ocultação de cadáver. As roupas da vítima, cobertas de sangue, foram encontradas na casa de Oseghale. Ele também é investigado por homicídio, mas ainda não há certeza se Mastropiero foi realmente assassinada.

Segundo o nigeriano, a jovem teve uma overdose em sua casa, e ele fugiu logo em seguida. Um conterrâneo seu, Desmond Lucky, também está na mira do inquérito, por ter vendido heroína para Mastropiero, que estava sem usar drogas havia quatro meses. Ele alega que deu apenas uma “modestíssima” quantidade da substância para a vítima.

O caso provocou comoção em toda a Itália e motivou um atentado do militante de extrema direita Luca Traini, que disparou contra seis imigrantes negros em Macerata. Nenhum deles tinha relação com Mastropiero, Oseghale ou Lucky. (ANSA)

When you purchase a lab kit form us you will get a lab workbook to help guide you through your labs. But the lab workbook does assume that you have some basic knowledge about Cisco routers and switches.
200-125
Bryant Advantage. The Bryant Advantage probably has the most comprehensive study package that is well written using lots of analogies so it can be understood easily by new CCNA students as well as seasoned Cisco professionals. It is on par with the Cisco Press as far as price and another nice benefit is he also has a lab workbook too. We also sell the Bryant Advantage CCNA Lab Hardware Topology to compliment his lab workbook so you can follow through all the labs step by step.
300-115
But it is a solid solution. The next suggestion is the Cisco Press CCNA study guide. This is a more expensive solution and is written in technical terms and probably does not explain some of the concepts as clearly as the Sybex Guide.
http://www.itcert-online.com/
For example, the pdf questions, debate each topic at a distance, the applicants study them dull and annoying. Similarly, the applicants provide favorite to exercise test. A practice test is communicating and stimulating as associated to pdf material.
cisco
Just focus on over study material for the preparation of CCNA Routing and Switching 200-125 Cisco Certified Network Associate.
210-260 vce
So if you are already familiar with Cisco routers and TCP/IP, this may be a better solution for you. Finally, we recommend the Bryant Advantage Ultimate CCNA Study Package.