Morreu em Ferrara, na Itália , aos 97 anos, o escritor Giuseppe Sgarbi, informou a família do artista nesta terça-feira (23). Ele era pai da diretora de cinema, Elisabetta, e do também escritor, Vittorio

Farmacêutico de profissão, Sgarbi escreveu sua primeira obra aos 93 anos. Desde então, publicou quatro obras que foram sucesso de crítica. “Lungo l’argine del tempo”, seu livro de estreia em 2014, recebeu o Prêmio Bancarella Opera Prima e o Prêmio Internacional Martoglio.

No ano seguinte, ele lançou “Non chiedere cosa sarà il futuro” e, em 2016, publico “Lei mi parla ancora”, obra que escreveu em homenagem à sua esposa que faleceu em 2015. Este último recebeu o Prêmio Riviera delle Palme.

Seu último livro, “Il Canale dei Cuori”, já estava com o lançamento agendado para o próximo dia 8 de fevereiro. (ANSA)