Silvio Berlusconi confirmou a candidatura do presidente do Parlamento Europeu

Nesta quinta-feira (1º), Silvio Berlusconi confirmou que o presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani, de 64 anos, é o candidato de seu partido, o Força Itália (FI), a primeiro-ministro nas eleições de 4 de março.

A escolha de Berlusconi, líder da coalizão da centro-direita, já era dada como certa. Porém, dependia apenas de uma confirmação do próprio Tajani. “Estou feliz em poder anunciar uma boa notícia: o atual presidente do Parlamento Europeu finalmente dissolveu a reserva e deu disponibilidade para guiar o próximo governo de centro-direita”, disse Berlusconi em entrevista a um canal de TV.

Em seu perfil no Twitter, Antonio Tajani agradeceu. “Agradeço a Berlusconi pelo seu ato de estima em relação a mim. Dei a ele, nesta noite, minha disponibilidade para servir à Itália. Agora qualquer nova decisão cabe a nossos concidadãos e ao presidente da República”.

twitter de antonio tajani

De acordo com as últimas pesquisas, divulgadas em meados de fevereiro, a aliança conservadora apresenta pouco menos de 40% das intenções de voto, contra aproximadamente 28% do antissistema Movimento 5 Estrelas (M5s) e cerca de 26% da centro-esquerda de Matteo Renzi.

Entretanto, há de se considerar que o sistema eleitoral italiano é misto: um terço dos deputados e senadores será eleito por votação majoritária, e dois terços, por votação proporcional. Sendo assim, não é possível afirmar que estes números são suficientes para garantir maioria no Parlamento.