As ações da Juventus cotadas na Bolsa de Milão dispararam nessa última quarta-feira (4), com alta de 7,27%, valor verificado no fechamento da Bolsa de Milão, depois dos rumores sobre a possível contratação do atacante português Cristiano Ronaldo pelo clube de Turim

O dia anterior já havia mostrado uma notável alta nas ações do clube, que subiram 3,2%, o melhor resultado da Juventus nos últimos quatro meses. Pela manhã (de Brasília), a marca alcançada foi de 5,89%.

De acordo com os analistas, esses resultados se devem às especulações de mercado que circulam desde terça nos jornais pelo mundo todo sobre o futuro de Cristiano Ronaldo, que pode deixar o Real Madrid e assinar um contrato de quatro anos com a Juventus.

Rumores indicam que o clube italiano está disposto a pagar 100 milhões de euros (R$ 453 milhões) ao Real Madrid para contratar CR7, que ganharia um salário anual líquido de 30 milhões de euros (R$ 136 milhões).

Os jornais esportivos italianos publicaram nesta quarta-feira que a possível operação é tratada como um “sonho” ou “tentação”, e debatem sobre o plano econômico que a Juventus deverá preparar para compensar o investimento.

Com “Cristiano Ronaldo* a um passo da Juventus” estampado na capa, o jornal de Turim “Tuttosport” foi o mais taxativo sobre a transferência, a qual considera a “contratação do século”. (*Cristiano Ronaldo: O produto português mais valioso no mundo).

Cristiano Ronaldo já procura casa na Itália, mas dirigente da Juventus desconversa: “sem comentários”

 Segundo o jornal espanhol “Marca”, o estafe do jogador está avaliando o marcado imobiliário da cidade há duas semanas, em busca de uma nova residência para o craque português. Embora ainda não haja confirmação sobre a transferência do atacante, Cristiano Ronaldo parece cada vez mais longe do Real Madrid e próximo da Juventus.

Giuseppe Marotta, diretor-geral da Velha Senhora, foi abordado por jornalistas italianos no centro de Milão e questionado sobre a negociação. Segundo o portal “Football Italia”, o dirigente, com leve sorriso no rosto, disse:

– Se os torcedores podem sonhar com Cristiano Ronaldo? Sem comentários.

Turim não é uma cidade quente como Madri e os invernos são rigorosos. Entretanto, de acordo com o “Marca”, Cristiano Ronaldo está ciente do clima no noroeste italiano e também sabe que dificilmente encontrará uma casa com o mesmo luxo da que tem na capital espanhola.

Nos últimos dias uma série de informações começaram a circular na imprensa sobre o interesse dos italianos no jogador do Real. O presidente do clube merengue divulgou o valor que pretender arrecadar com a venda do atleta e aguarda ofertas. A Juventus demonstrou interesse, mas as especulações ficam apenas entre os veículos de imprensa da Europa. Nenhum dos clubes se manifestou oficialmente em relação à transação.

Segundo as especulações, a Juventus desembolsaria 100 milhões de euros pelo craque português, cujos salários na Itália chegariam até 30 milhões de euros por temporada.

(GE)