Começa hoje a 3° edição do projeto ‘Gelato Sospeso’ (sorvete compartilhado), que tem o intuito de dar famosos sorvetes às crianças de baixa renda.

Centenas de sorveterias italianas já aderiram a campanha que vai até o ia 31 de outubro. Para poder participar é bem simples, o cliente só precisa ir a um estabelecimento que esteja no projeto e pagar um sorvete a mais do que está levando, essa ficha vai para um pote e é doado à crianças carentes indicadas pela ONG Salvamamme.

Segundo os organizadores, a ideia surgiu inspirada em uma antiga tradição napolitana, a do ‘café compartilhado’ e o objetivo é ajudar crianças a terem acesso a esse tipo de alimento, que é um símbolo da gastronomia italiana. Em 2016 a campanha foi um sucesso, com milhares de sorvetes sendo compartilhados pelo país.

A ONG parceira da campanha, a Salvamamme trabalha com mães e crianças em condições sociais graves há cerca de 20 anos. Para eles por menor que possa parecer o gesto é muito importante para aqueles que não tem,  “as crianças pedem um gelato, mas a despesa com um cone, mesmo que pequeno, não está sempre ao alcance de todas as famílias”.