Um dos maiores acidentes da história foi o responsável pela morte de 199 pessoas

Faz exatamente 10 anos que o voo JJ 3054 atingiu a vida das famílias de 199 pessoas, vítimas da tragédia do voo da companhia aérea TAM. Até o momento, ninguém foi responsabilizado pelas mortes. A investigação iniciada em 2007 e concluída apenas dois anos e meio depois, foi encerrada sem apontar culpados. Para a polícia, o erro possivelmente seria dos pilotos, já que seria inviável culpabilizar qualquer pessoa fora do avião.

Porém para os procuradores do caso, a ex-diretora da da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o ex-diretor de segurança da TAM e o ex-vice-presidente da companhia têm responsabilidade na tragédia. Os dois julgamentos iniciados pelos promotores, absolveram os mesmos, para a justiça não havia provas suficientes.

Os magistrados entenderam na época que as condições da pista ou climáticas não foram decisivas para a tragédia. Esse resultado surgiu porque para pousar, a aeronave deveria estar em ponto morto quando tocou na pista, porém um dos manetes estava em posição de aceleração. Não se sabe se foi um erro humano ou no sistema.